O Novo Lar Começa Hoje

Oi pessoas!!! Quero falar um pouquinho sobre uma ilusãozinha que nós temos sobre a eternidade.

Há muito tempo ouvimos que Jesus subiu ao céu para preparar um novo lar para nós. Um lugar sem dores, sem cansaço, sem pecado. O lugar que Deus sempre sonhou para a criação. A Nova Jerusalém.

Ao ouvirmos isso, entramos em êxtase, pois este privilégio é grandioso demais para nós, o pó da terra. Aí então, sem mais nem menos, cruzamos os braços e ficamos esperando Jesus para nos levar para esta Terra tão maravilhosa. “Mas o Pastor sempre disse que Jesus vai buscar a gente um dia e nos levar pra esse lugar!”

Mas, espera um minuto…Seria surreal pensar que sem mais nem menos nós vamos subir ao céu e morar para sempre com Deus, assim, sem um motivo real. A palavra de Deus diz que há dois caminhos: o largo, que nos leva a perdição, e o estreito, que nos conduz a vida eterna. (Mateus 7:13 e14)

Pare e pense um pouquinho em uma casa daquelas antigas, com grandes portões, e um caminho ladrilhado envolto de um lindo jardim, e então troque a linda casa por uma em construção. O jardim você troca por um canteiro de obras, parecido com aqueles aqui de São Paulo. O caminho ladrilhado e nivelado é trocado por um de barro cheio de buracos e pedras. Agora vamos ao ponto que eu quero chegar: o Novo Lar que Jesus nos foi preparar é exatamente isso. Quando a Bíblia nos diz que devemos entrar pela porta estreita, é o mesmo que Jesus dizer, “Entra no Novo Lar, tá um pouco bagunçado por causa das obras, mas é aqui que você vai morar!”

Se você ainda não se sente no novo Lar, então você ainda não entrou pelo caminho. É muito ilusório pensar que por um passe de mágica estaremos em um lugar pleno e lindo sem nenhum esforço. Tudo exige esforço. O Novo Lar não é pra você viver amanhã, ele é hoje. Cheio de bagunça mesmo, mas é a sua casa.

Jesus quer que você faça parte desde já do preparo do Reino. Deixar de andar pelo Caminho e “brincar” fora dos muros enquanto Deus observa é o mesmo que negar a cruz. Achar que é melhor viver nas ruas do que entrar na Casa em obras, é fazer o mesmo que o filho pródigo. Se você aceitou a Jesus, mas até hoje viveu sua própria vida pensando que o Novo Lar está distante, então abra bem seus olhos e veja que este Lar começa hoje em você.

 

“Sou estrangeiro, mas compreendo que o eterno lar começa no momento em que vivo para Te encontrar!” – Sublime (Leonardo Gonçalves)

Deus o abençoe grandemente!

No amor de Deus, Lucas Phelipe.

Anúncios

Negação

1 João 2:15-17

15. Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.

16. Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.

17. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

É isso aí galera! Estou de volta, e já começo com um assunto que nem todo mundo gosta: Auto-Negação (se é que este termo existe!!! :S)

Enfim, o que quero passar através deste post, é a importância e o valor de mortificar nossa carne para que Jesus viva em nós. O texto que está em 1 João diz que não devemos amar o mundo nem o que ele oferece. Vamos parar aqui só por um instante e analisar:

O que é o mundo?

O mundo, na visão espiritual, nada mais é o passageiro, aquilo que a Bíblia diz que perece. O mundo é a vida carnal, e não o planeta Terra em sí.

O que há no mundo?

Este mundo oferece, através de seu controlador (leia 1 João 5:19), pratos encantadores que satisfazem a carne. E 99,9% das vezes estes pratos nos afastam do Pai. No versículo 16 (que tá la em cima),  é explicado o que ha no mundo. Nos mostra com o que devemos tomar cuidado!

Quando a Bíblia diz “não amem o mundo”, está sendo dito, literalmente, “Rejeite o sistema, abomine os conceitos, faça a diferença. Em Romanos 12:2 Paulo diz:

2. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. 

Ou seja, eu não posso me alienar ao que o mundo dita, não posso viver de acordo com o que o mundo quer! Tenho que aceitar a renovação da mente através do Epírito Santo, e viver de maneira plena em Deus. Simples assim!
C.S Lewis certa vez disse que “Tudo o que não é eterno, é eternamente inútil!” Então, por que motivo, razão ou circunstancia eu me apegaria a algo que padece!

Por isso manolo, rejeite todas as vontades carnais, viva no propósito de Deus a agarre o mais forte que você puder a cruz, porque de lá corre um sangue que te justifica por inteiro!

É isso aí: é viver pra Deus e morrer para sí!

Deus os abençoe! ;D

Sua história: Você é o escritor!

Oi gentee…sei que essa segunda eu abandonei vocês, mas peço de novo perdão!

 

Mas, como sempre estou aqui pronto para o post do dia. O que eu queria falar hoje com vocês é sobre nossas escolhas!

 

Mateus 7:13 e 14

 

13. Entrem pela porta estreita porque a porta larga e o caminho fácil levam para o inferno, e há muitas pessoas que andam por esse caminho.

14. A porta estreita e o caminho difícil levam para a vida, e poucas pessoas encontram esse caminho.

 

Muitas vezes reclamamos do que acontece em nossas vidas e quase sempre (não vem de migué não!) botamos a culpa em Deus, não é verdade?!

Mas o que nos esquecemos é de que o próprio Deus nos deu:

1º. INTELIGÊNCIA: Para que possamos decidir sábiamente o que devemos fazer

2º. LIVRE ARBÍTRIO: “O que é ‘livre arbítirio’?” É assim que funciona ► Você tem 2 ou mais escolhas, ninguém vai te forçar a escolher nenhuma, você tem este poder, você é LIVRE para escolher o que quiser!

 

Logo, você é quem escreve a sua história. “Ah!Mas e aquele papo de ‘Senhor, escreva a minha hitória’!?” Amém, se você escolheu entregar a sua vida a Deus e deixar que Ele escreva tua história, quem sou eu para discordar, não!?

 

Onde estou querendo chegar? Nossa vida aqui é feita de escolhas, escolher entre o bom e o ruim, o agradável e o desagradável, etc…E nessas escolhas Deus não vai interferir. Por exemplo: estou prestes a entrar em uma Faculdade, e estou em dúvida entre 2, Deus não vai dizer pra você: “É essa aqui, me obedeça!”

Claro, você pode orar e pedir a Deus para que te auxilie, e assim Ele fará! Ele te mostrará o caminho que você pode (lembre-se: você pode, não deve!) seguir!

Aceitar a Cristo também funciona assim. Tem muita gente que diz: “Eu não vou pra igreja porque Deus ainda não me deu um sinal!” Isso é óbvio, Deus não fica indo atrás das pessoas para seví-Lo, isso é uma escolha nossa!

Depende de nós mesmos se vamos ser salvos ou condenados! Deus estará sempre disposto a nos ouvir e auxiliar, mas, mais uma vez, a escolha é nossa!

Escolher entre o caminho largo e o estreito depende de nós, Anjo nenhum vai nos empurrar para o caminho certo! Quer mais “sinais” que Deus já dá!? Aquele amigo da escola que vive te enchendo o saco pra ir à igreja, o adesivo do carro do seu vizinho escrito “Jesus salva!” que vc vê todo dia, a música que você ouve sem querer quando está vasculhando o rádio do carro…

Deus fala de tantas formas com a gente que às vezes esquecemos que Ele está entre nós! Deus está por aí, esperando que você faça a escolha certa, e chance é o que Ele mais dá. Então aproveite a primeira, faça escolha certa e transforme sua vida em uma linda história de amor com Deus!

 

Deus te abençoe!

Lucas Phelipe

Guerra entre parceiros!

Gente, quero pedir mil desculpas por ter atrasado no post esta semana, mas eu não vou deixar de postar (eu jurei “juradinho”…hahaha)!

Enfim, chega de encher linguiça e vamos direto ao ponto. Ontem o meu pai trouxe uma palavra sobre comunhão. Cheguei em casa e comecei a folhear um pouco minha Bíblia, quando caí nesse texto:

1 Coríntios 3:3

3 .  porque vivem como se fossem pessoas deste mundo. Quando existem ciumeiras e brigas entrevocês, será que isso não prova que vocês são pessoas deste mundo e fazem o que todos fazem?

Pois é, Paulo foi bem claro e até um pouco cruel com a igreja de Corinto. O que Paulo queria dizer é “O que adianta vocês dizerem que servem a Deus e tentar servir ao próximo sendo que nem entre vocês conseguem fazê-lo?”

E isso ainda acontece muito dentro das igrejas, é irmão reclamando pro pastor que o outro falou mais alto, é liderança que não entra em um censo comum, fazem “trocentas” reuniões mas nunca consegue decidir nada porque ninguém concorda com ninguém!

Está certo, todos temos defeitos e vamos combinar que olha, tem uns que não dá! Mas quando Jesus disse: “Ame o teu próximo como a ti mesmo…” Ele não quis dizer “Ame o teu próximo e ature todas as falhas dele!”. Jesus quis ensinar o perdão.

PERDÃO, o mais difícil de se fazer! Digo por mim mesmo, é mais fácil eu perdoar o meu cachorro que rasgou todo o meu sofá, do que aquele amado que disse algo que me magoou.

A partir do momento que reconhecemos Jesus como nosso Senhor, começamos a fazer parte de um exército. Agora imagine um exército de mais ou menos umas 2 milhões de pessoas, imagine então esse exército brigando constantemente entre si! Não daria certo né!?

Precisamos aprender a conviver com o nosso irmão, afinal, somos parceiros de ministério, e mais importante, fazemos parte deste grande exército, lutando pelo mesmo objetivo!

Deus te abençoe!

Lucas Phelipe

Até semana que vem, e não esquece de deixar seu coments! =D

Por obrigação ou Por amor?

Oiessss…Como vocês estão povosss!!!

Primeiro gostaria de dizer que estou realmente muito feliz por estar aqui de volta com vocês. E hojje queria conversar com vocês um pouquinho sobre nosso serviço a Deus.

Esta semana eu estive pensando no monte de coisa que a gente costuma fazer na igreja (e eu inclusive) e o quanto criticamos as pessoas que não fazem nada. Mas Deus me incomodou um pouquinho, porque muitas das vezes nós nos gabamos muito porque fazemos isso ou aquilo na igreja e que o nosso irmão só faz aquilo. Ou então é o contrário, julgamos aquele que faz tudo dizendo que ele quer se aparecer e que estamos satisfeitos em fazer só uma coisa.

O que quero dizer é que, independente de quantas coisas fazemos na Casa de Deus, devemos fazer com alegria porque a Palavra de Deus diz:

Salmos 100:2a

2 – Servi ao SENHOR com alegria;

Agora, se você faz algo para Deus por obrigação, pode ter certeza de que você só estará preenchendo espaço.

Quando servimos a Deus de todo coração, Ele nos recompensa. E independente disso, a melhor coisa que existe é servir a Deus, pois Ele é o único Senhor que não nos força a nada. Por isso devemos serví-Lo com alegria, pois Ele é um Deus que nos dá a escolha de fazer ou não, justamente por isso, para que nós não O entristeçamos quando fizermos por obrigação.

Deus quer que nós tenhamos prazer em serví-Lo, Ele não quer nos fazer escravos. O próprio Jesus disse:

João 15:15

15 – Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.

Ou seja, Deus que ter-nos como amigos, e a escolha de ser servo é nossa. Mas será que quando aceitamos Jesus como nosso Senhor queremos mesmo só sermos amigos d’ELe? Será que o que Ele fez por nós não mexe com nosso coração? Será que o sacrifício na cruz não nos dá vontade de retribuí-Lo?

Estas perguntas só nós podemos responder, pois Deus nos deu a escolha, e ela é nossa!

Fiquem com Deus!

Meu Louvor é para Ti!

Oie gentee, vamos falar um pouquinho sobre louvor?

Desde a Conferencia PFG este assunto vem remoendo dentro de mim! E até aquele dia eu tinha uma concepção totalmente o contrário do que realmente é o “Louvar a Deus”. Primeiro, o significado de louvor é: “Elogiar a outro, admitir em público”

Ou seja, louvor não é você simplesmente ir à igreja e cantar algumas músicas e dizer: “Pronto, já entreguei meu louvor a Deus!”. Quando dizemos que o nosso louvor é para Deus, queremos dizer que em todo momento bendizemos o nome d’Ele a outras pessoas. Observe a passagem de Paulo e Silas na prisão:

Atos 16:25 e 26

25 – E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.

26 – E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.

A intenção de Paulo e Silas não era começar a cantar esperando que essa ação gerasse um terremoto que fizesse com que eles fossem libertos. A intenção dos dois era bendizer o nome de Deus um ao outro o mais alto possível de modo que os outros presos escutassem.

Eles sabiam também que os anjos de Deus não resistem quando alguém bendiz o nome d’Ele. Então quando Eles começaram a louvar os anjos ouviram e dissera: “Opa! Tem gente louvando a Deus lá na terra, vamos nos juntar a eles!” E o movimento dentro da prisão foi tão grande, que houve um terremoto e os libertou do cárcere.

É assim que funciona o louvor, quando abrimos nossa boca e dizemos para outra pessoa todas as qualidades do nosso Deus, os anjos com o Espírito Santo se empolgam e se juntam a nós, e então Deus começa a trabalhar e derramar da glória d’Ele.

Não estou dizendo que não é mais pra você dizer pra Deus o quanto Ele é lindo, bom, amoroso, e outras milhares de qualidades que Ele tem. Estou dizendo pra  você usar o seu louvor como arma, e seja na sua escola, trabalho, dentro do ônibus, seja onde for, porque quando você diz a alguém que não conhece a Jesus as Suas qualidades, você está louvando a Ele, e então Ele vai começar a agir na vida desta pessoa por causa do seu louvor!

Deus os Abençoe!

Deixa um coments! ;D

“Nenhum homem é uma ilha, pois..”

Oie genteeeeee…olha só, semana passada um professor havia pedido para que eu completasse essa frase aí de cima, e eu fiz de modo bem simples: “…pois por mais que se sinta só, sempre haverá alguém ao seu redor.” Mas depois eu fiquei pensando nela, e como de costume, comecei a viajar.

Até que a viajem foi boa, porque eu parei pra pensar que isso é a mais pura verdade. O homem não é capaz de se tornar em uma ilha. Mas por quê, então, nós às vezes  nos sentimos tão sozinhos? Porque se uma coisa o homem sabe fazer bem, é contruir uma fortaleza em volta de sí.

Sabe, às vezes nos sentimos solitários porque nós mesmos causamos isso. Afastamos pessoas que nos amam e, principalmente, impedimos que o Espírito Santo console nosso coração. Depois começamos a culpar Deus por nossas dores, dizemos que Ele não ouve nossa oração e que nos abandonou. Entendo que às vezes os problemas nos deixam de cabeça baixa, é que muitas dessas vezes exageramos muito. Na verdade, não é Deus qeu deixa de nos responder, mas nós é quem não deixamos Deus responder, ou então não queremos que Ele nos responda, porque sabemos que estamos errados e que Ele vai nos corrigir.

Por isso, so invés de culparmos tudo e todos a nossa volta, vamos pedir a Deus que trabalhe em nosso coração e assim O deixar trabalhar do modo d’Ele, pois Ele sabe o que é melhor para nós!

Deus os abençoe!