Negação

1 João 2:15-17

15. Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.

16. Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.

17. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

É isso aí galera! Estou de volta, e já começo com um assunto que nem todo mundo gosta: Auto-Negação (se é que este termo existe!!! :S)

Enfim, o que quero passar através deste post, é a importância e o valor de mortificar nossa carne para que Jesus viva em nós. O texto que está em 1 João diz que não devemos amar o mundo nem o que ele oferece. Vamos parar aqui só por um instante e analisar:

O que é o mundo?

O mundo, na visão espiritual, nada mais é o passageiro, aquilo que a Bíblia diz que perece. O mundo é a vida carnal, e não o planeta Terra em sí.

O que há no mundo?

Este mundo oferece, através de seu controlador (leia 1 João 5:19), pratos encantadores que satisfazem a carne. E 99,9% das vezes estes pratos nos afastam do Pai. No versículo 16 (que tá la em cima),  é explicado o que ha no mundo. Nos mostra com o que devemos tomar cuidado!

Quando a Bíblia diz “não amem o mundo”, está sendo dito, literalmente, “Rejeite o sistema, abomine os conceitos, faça a diferença. Em Romanos 12:2 Paulo diz:

2. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. 

Ou seja, eu não posso me alienar ao que o mundo dita, não posso viver de acordo com o que o mundo quer! Tenho que aceitar a renovação da mente através do Epírito Santo, e viver de maneira plena em Deus. Simples assim!
C.S Lewis certa vez disse que “Tudo o que não é eterno, é eternamente inútil!” Então, por que motivo, razão ou circunstancia eu me apegaria a algo que padece!

Por isso manolo, rejeite todas as vontades carnais, viva no propósito de Deus a agarre o mais forte que você puder a cruz, porque de lá corre um sangue que te justifica por inteiro!

É isso aí: é viver pra Deus e morrer para sí!

Deus os abençoe! ;D